TRAJETÓRIAS DAS DESIGUALDADES: COMO O BRASIL MUDOU NOS ÚLTIMOS CINQUENTA ANOS
Esta obra desmonta a tese clássica segundo a qual o Brasil teria vivido uma ?inaceitável estabilidade? da desigualdade. Em 14 ensaios, que abordam educação e renda, políticas públicas, demografia, mercado de trabalho e participação política, o livro demonstra que, na verdade, as desigualdades entre os brasileiros foram expressivamente reduzidas nas últimas décadas, embora o país continue entre os mais desiguais do planeta. Os textos ainda deixam claro que o processo esteve estreitamente vinculado a decisões políticas, das quais, portanto, depende sua continuidade.O período analisado é um dos mais distintos econômica e politicamente já vivenciados no país, os 50 anos compreendidos entre 1960 e 2010. E as análises baseiam-se nos dados de seis Censos Demográficos realizados pelo IBGE naquele intervalo de tempo. Os textos evocam imagens que refletem uma transição acelerada de um país de perfil rural e homogeneamente empobrecido, em que apenas 20% dos jovens de até 15 anos concluíam os quatro anos de ensino básico, para um país urbano, que praticamente universalizou o acesso ao ensino fundamental, ampliou significativamente o alcance dos serviços públicos e aumentou em onze anos a expectativa de vida média de sua população.Contudo, mulheres, pretos e pardos não tiveram o mesmo sucesso. Elas entraram de forma massiva no mercado de trabalho, mas em 2010, assim como os brasileiros do segundo grupo, obtinham menores rendimentos que os homens brancos, mesmo quando possuíam o mesmo nível de escolaridade. Os não brancos avançaram ainda menos, relativamente às mulheres, que se distribuem por todos os extratos sociais. Embora tenha aumentado o ingresso de pretos e pardos na universidade nas últimas décadas, em 2010 os brancos ainda eram 75% da população universitária, e estavam matriculados em geral nas carreiras de maior prestígio. Em consequência, a redução das desigualdades em relação aos não brancos dentro do sistema escolar permaneceu restrita ao nível de ensino em q
Detalhes
Ano de Edição2015
AutorMARTA ARRETCHE (ORG.)
Números de Páginas490P

TRAJETÓRIAS DAS DESIGUALDADES: COMO O BRASIL MUDOU NOS ÚLTIMOS CINQUENTA ANOS

  • Editora UNESP
  • ISBN: 9788539305667
  • Ano de Edição: 2015
  • Autor: MARTA ARRETCHE (ORG.)
  • Números de Páginas: 490P
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 88,00
  • ASSOCIADO R$ 74,80
  • Sem impostos: R$ 88,00