PROTEGIDO, O: POR QUE O PAÍS IGNORA AS TERRAS DE FHC
Rumo aos 90 anos, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a ser sócio dos filhos na Goytacazes Participações, a empresa dona de um canavial em Botucatu (SP), em área de mananciais. Restou apenas uma propriedade rural: a outra foi desapropriada pela prefeitura, em 2018, por cinco reais. The Intercept Brasil mostrou por que a Lava Jato não investigou o tucano, um aliado importante. Mas e a imprensa brasileira: por que ela não se mostra disposta a contar essa história? Que tipo de blindagem o príncipe da sociologia brasileira construiu nas últimas décadas? Quais as conexões, com quais amigos? Por que a desproporção em relação à propriedade atribuída a outro ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, o sítio em Atibaia? Qual o papel da Sociedade Rural Brasileira e do pecuarista Jovelino Mineiro, o Nê, na composição da face agrária de FHC? Qual a influência do empresário Jonas Barcellos? O que eles têm a ver com o famoso apartamento em Paris? Com a Fundação FHC? E com Emílio Odebrecht?
Detalhes
Ano de Edição2019
AutorALCEU LUÍS CASTILHO
Números de Páginas214

PROTEGIDO, O: POR QUE O PAÍS IGNORA AS TERRAS DE FHC

  • Editora AUTONOMIA LITERÁRIA
  • ISBN: 9788569536574
  • Ano de Edição: 2019
  • Autor: ALCEU LUÍS CASTILHO
  • Números de Páginas: 214
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 45,00
  • ASSOCIADO R$ 38,25
  • Sem impostos: R$ 45,00