POLÍTICAS DE CONTROLE DO HIV/AIDS NO BRASIL E EM MOÇAMBIQUE
pesar dos avanços, o continente do qual Moçambique faz parte continua sendo a área mais afetada pelo HIV, onde residem mais de dois terços das pessoas vivendo com a doença, enquanto no Brasil o índice de novos infectados subiu 6% entre 2005 e 2014, tendência contrária a verificada na maioria dos países. Contextos que apontam para a importância do debate sobre políticas de controle do HIV/Aids nesses dois países. Esta coletânea é um dos vários frutos de uma cooperação técnica entre a Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique, e a Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz). Reúne capítulos de autores moçambicanos e brasileiros, que apresentam temáticas diversas e buscam dialogar entre si, oferecendo um panorama daquilo que em ambos os países é hoje prioritário. As relações sociais e comunitárias, a participação social e as características dos sistemas e das políticas de saúde inerentes aos dois países são aspectos que perpassam toda a obra. O livro evidencia diferenças nos rumos trilhados, nas experiências vividas e nas conjunturas socioeconômicas, políticas e culturais entre Moçambique e Brasil, mas também demonstra que há um eixo comum: a certeza de que a saúde é um direito humano inalienável.
Detalhes
Ano de Edição2016
AutorNAIR TELES, JAIRO JACQUES DA MATTA, WANDA ESPÍRITO SANTO
Números de Páginas234

POLÍTICAS DE CONTROLE DO HIV/AIDS NO BRASIL E EM MOÇAMBIQUE

  • Editora FIOCRUZ
  • ISBN: 9788575414873
  • Ano de Edição: 2016
  • Autor: NAIR TELES, JAIRO JACQUES DA MATTA, WANDA ESPÍRITO SANTO
  • Números de Páginas: 234
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 40,00
  • ASSOCIADO R$ 34,00
  • Sem impostos: R$ 40,00