MEDICINAS INDÍGENAS E AS POLÍTICAS DA TRADIÇÃO: ENTRE DISCURSOS OFICIAIS E VOZES INDÍGENAS
Compreender o processo de emergência das medicinas tradicionais indígenas no campo das políticas públicas de saúde indígena é o objetivo deste livro, que analisa os discursos proferidos por uma diversidade de atores indígenas e não indígenas, governamentais e não governamentais, nacionais e internacionais. Dessa forma, a obra revela uma dinâmica que vai do global e ao local, e transforma os contextos envolvidos, originando novas formações culturais. As políticas públicas que qualificam os seus objetos e público-alvo com a categoria ?tradição? conformam uma formação discursiva, definida pela autora como ?políticas da tradição?. Um exemplo são as políticas voltadas à saúde indígena, que têm buscado reconhecer a eficácia das medicinas tradicionais indígenas e articulá-las com o sistema oficial de saúde. No entanto, ao serem apropriados pelos povos indígenas, os discursos oficiais são postos a serviço dos seus interesses culturalmente situados assim, estamos diante do fenômeno da indigenização, diz a pesquisadora. E essa ?indigenização? se refere aos processos levados a efeito pelos povos indígenas ao se apropriarem das políticas públicas a fim de manter a sua autonomia e reverter a seu favor o controle que o Estado passa a exercer sobre o mundo da vida de suas comunidades. O livro busca contribuir para a consolidação do direito indígena à atenção diferenciada à sua saúde, considerando as relações historicamente construídas entre povos indígenas e Estado.
Detalhes
Ano de Edição2013
AutorLUCIANE OURIQUES FERREIRA
Números de Páginas202P

MEDICINAS INDÍGENAS E AS POLÍTICAS DA TRADIÇÃO: ENTRE DISCURSOS OFICIAIS E VOZES INDÍGENAS

  • Editora FIOCRUZ
  • ISBN: 9788575414248
  • Ano de Edição: 2013
  • Autor: LUCIANE OURIQUES FERREIRA
  • Números de Páginas: 202P
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 36,00
  • ASSOCIADO R$ 30,60
  • Sem impostos: R$ 36,00