CRONICA DOS INDIOS GUAYAKI: O QUE SABEM OS ACHE, CACADORES NOMADES DO PARAGUAI
Pierre Clastres (1934-1977) é um dos mais brilhantes intelectuais do século XX, discípulo de Lévi-Strauss e autor da fundamental coletânea de ensaios A sociedade contra o Estado (1974), obra que revolucionou os estudos de antropologia ao tomar a perspectiva indígena como foco para se constituir uma nova filosofia política. No início de 1963, após aprender durante quatro meses a língua dos índios Guayaki, ou Aché, em Paris, Pierre Clastres partiu para sua primeira missão etnológica, uma permanência de quase um ano entre a tribo dos Aché Gatu no Paraguai, misteriosos indígenas caçadores e nômades que habitavam as florestas a oeste do rio Paraná, desconheciam a agricultura, eram adversários dos Guarani e, dizia-se, poderiam ser canibais. O resultado dessa viagem de pesquisa é este Crônica dos índios Guayaki, primeiro livro do autor, lançado em 1972, em que estão as bases do pensamento de Clastres. Da narrativa do nascimento de um bebê até a virtual morte da tribo, é um estudo profundo e afetuoso da vida cotidiana, dos costumes e da visão de mundo desse povo, com uma tal qualidade literária que levou o escritor Paul Auster, tradutor do volume para o inglês, a registrar: É impossível não gostar deste livro.
Detalhes
Ano de Edição2020
AutorPIERRE CLASTRES
Números de Páginas304

CRONICA DOS INDIOS GUAYAKI: O QUE SABEM OS ACHE, CACADORES NOMADES DO PARAGUAI

  • Editora EDITORA 34
  • ISBN: 9786555250329
  • Ano de Edição: 2020
  • Autor: PIERRE CLASTRES
  • Números de Páginas: 304
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$ 65,00
  • ASSOCIADO R$ 55,25
  • Sem impostos: R$ 65,00